Parati, Paraty ou Paratii

Paraty, que na língua tupi, significa “peixe de rio” ou “viveiro de peixes”, era o nome que os índios guaianás davam ao local onde hoje se situa a cidade.

Aqui, naquele tempo e ainda hoje, os paratis (peixe de família das tainhas – Mugil Brasiliensis) vem durante o inverno desovar e procriar nos rios que desembocam na baía de Paraty e depois voltam ao mar.

Os colonizadores, por sua vez, mantiveram o antigo nome indígena.

Originalmente, o nome era grafado com dois “i”: Paratii, posteriormente, já no século XVIII, aparece a grafia Paraty, com “y”, que foi mantida até 1943, quando a Convenção Ortográfica Brasil-Portugal suprimiu o Y do alfabeto português.

A nova grafia não foi aceita pela comunidade paratiense, que, aferrada às suas caras tradições continuava a escrever Paraty com y.

Esta situação ambígua perdurou até 1972, quando o Senador Vasconcelos Torres, atendendo às solicitações feitas pe

compartilhe!

Deixe uma resposta

Nota: Os comentários no site refletem os pontos de vista de seus autores e não necessariamente os pontos de vista Roteiros PAraty. Solicitamos abster-se de insultos, palavrões e expressão vulgar. Nós nos reservamos o direito de excluir qualquer comentário sem aviso prévio ou explicações

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são indicados com *

*
*